Banner

Banner

Em viagem a Rússia, Bolsonaro presta homenagem a soldados comunistas da 2ª guerra mundial


O presidente Jair Bolsonaro (PL) iniciou nesta quarta-feira 16 a sua visita oficial à Rússia e, cumprindo o protocolo do país, participou da cerimônia que levou uma coroa de flores até o Túmulo do Soldado Desconhecido, monumento que celebra as vitória da União Soviética.

No túmulo repousam restos mortais de soldados comunistas que defenderam Moscou contra o exército nazista, de Adolf Hitler. O local celebra a vitória da URSS contra a tentativa de invasão do regime nazista aos territórios russos.

No país, que vive tensões em meio ao conflito com a Ucrânia, Bolsonaro terá que conviver com os símbolos do comunismo, exibidos em centenas de locais públicos e oficiais.

Antes de ir à Rússia para ‘homenagear os comunistas’, apoiadores do presidente no cercadinho do Alvorada chegaram a questionar Bolsonaro sobre a situação. 

Em tom de preocupação, um eleitor perguntou se Vladimir Putin era conservador. Na ocasião, Bolsonaro respondeu que sim.

Postar um comentário

0 Comentários