Banner

Banner

SANTARÉM: Bares e igrejas descumprem decreto e não exigem comprovante de vacinação

Em Santarém, no Oeste do Pará, relatos de denúncias estão "pipocando" nas redes sociais de estabelecimentos que descumprem o decreto municipal que determina a cobrança do comprovante de vacinação para Covid-19. A grande parte das denúncias são direcionadas para bares e igrejas. Principalmente de algumas igrejas que chegam até a incentivar os fiéis a não se vacinarem.

BARES

Alguns donos de bares, em conversa com a redação do Tapajós Notícias, relataram que estavam pedindo o comprovante de vacinação, porém acabaram perdendo faturamento, pois alguns clientes se recusavam a apresentar o comprovante de vacinação, deixando de frequentar o local e seguindo para outro bar que "não está fazendo nenhum tipo de exigência".

De acordo com um proprietário de bar, se não houver uma fiscalização pesada, para exigir que todos os bares façam a cobrança do comprovante de forma rotineira, o decreto não será cumprido. "Enquanto um trabalha direito, o outro trabalha errado e acaba levando o cliente", relatou o dono do estabelecimento. 

Leia abaixo o artigo do decreto 1071/2021, que exige o comprovante de vacinação. 





Postar um comentário

0 Comentários