PARÁ: Justiça suspende investigação contra Delegado Eguchi, na Operação Migrador


Foi divulgada nesta terça-feira (10), a decisão da desembargadora federal Maria do Carmo Cardoso de suspender o processo criminal contra o ex- candidato à prefeitura de Belém e Delegado da Polícia Federal, Everaldo Jorge Martins Eguchi. O processo corre no município de Marabá, sudeste do estado do Pará.

A decisão determina o retorno de Eguchi ao cargo de delegado Federal até o dia do julgamento definitivo do habeas corpus.

Segundo candidato mais votado nas eleições à Prefeitura de Belém, em 2020, Eguchi foi acusado de vazar informações (violação de sigilo funcional)  durante a operação 'Migrador', da Polícia Federal, em 2018, e afastado de suas funções da PF em julho deste ano. A operação 'Migrador' foi executada em Marabá e comandada pela Delegacia Federal no município, tendo como alvo uma organização criminosa dedicada à exploração ilegal de minério e maganês.

A desembargadora alega na decisão que as investigações feitas contra Eguchi se dão por “questões políticas e pessoais”, já que se trata de uma denuncia recebida por um agente “de esquerda” contra alguém “bolsonarista e conservador”.

No trecho do documento é possível ler:

Ressalta que o agente que recebeu a denuncia é flagrantemente contra os preceitos defendidos pelo Paciente enquanto político, eis que o mesmo é conservador e bolsonarista, enquanto que o agente que recebei a denuncia é o podemos chamar de uma figura de “Esquerda”, conforme consta em suas redes sociais (doc.04) e comentários em páginas online de famoso jornal brasileiro (doc 05), e blog (doc.06)para conhecimento de amplo e inequívoco.”

Maria do Carmo Cardoso afirma que os indícios apontados contra Eguchi seriam frágeis, entre eles, a denúncia anônima e ligação via Facebook entre Eguchi e outros investigados na operação.

Eguchi se manifestou sobre o assunto por suas redes sociais. “A verdade sempre aparece. Agradeço o apoio de todos. É mais um passo na luta contra a política suja que se alojou no nosso estado. Conto com a força de todos vocês, juntos vamos mudar a nossa história e nunca deixaremos nos abater por perseguições e desmandos, pois a energia positiva e as orações sempre vão nos blindar contra o mal”, escreveu.












Postar um comentário

0 Comentários