AMAZONAS: PF foi recebida a tiros, durante operação por desvios de recursos na pandemia


A Polícia Federal foi recebida a tiros, quando tentava cumprir mandado de prisão contra o empresário Nilton Lins, dono do hospital cujo contrato é investigado pela PGR.

Além deles, são alvos de prisão temporária pelo prazo de cinco dias Sérgio Chalub, Rafael Garcia da Silveira, Frank Andrey Gomes de Abreu e Carlos Henrique Alecrim John.


O governador Wilson Lima teve sua residência e gabinete revistados pela PF, que apreendeu documentos, agendas, celulares e computadores, além de mídias.



Postar um comentário

0 Comentários