ELEIÇÕES: Os 25 projetos para o 'turismo' no plano de governo de Nélio Aguiar

No plano de governo para a próxima gestão do prefeito Nélio Aguiar (DEM), caso seja reeleito, a pasta de Turismo terá 25 grandes projetos para o município de Santarém, no Oeste do Pará. Entre eles a fidelização do destino “Santarém” como excelência para visitação, valorizando ações que agregam valor à marca turística e investir na divulgação e promoção do destino. 

Veja abaixo as 25 propostas para o turismo:

1) Aperfeiçoar a informação turística promovendo a conexão entre trade turístico com o sistema público, visando melhorar a divulgação dos eventos e dos potenciais turísticos da cidade; 

2) Articular ações visando atrair empreendedores do setor turístico;

3) Captar novos eventos para Santarém atraindo para a cidade a realização de negócios, lazer e entretenimento, por meio de ações conjuntas com órgãos e entidades privadas;

4) Criar e implementar o programa de incentivo ao primeiro emprego aos alunos dos cursos profissionalizantes voltados ao turismo, afim de garantir a inclusão de profissionais capacitados no mercado;

5) Criar atrativos turísticos públicos ampliando os pontos de visitação turística, especialmente aqueles com preocupação ambiental, buscando aumentar a ocupação hoteleira e movimentar a economia do município, gerando emprego e renda;

6) Criar o projeto “Domingo de Lazer” em praças e parque envolvendo apresentações culturais além da feira de artesanato e da gastronomia;

7) Criar totens interativos nos pontos turísticos com QRCode, onde o turista será direcionado ao site com as informações de todos os atrativos disponíveis no município;

8) Criar um calendário de eventos para o período da cheia dos rios, incentivando os atrativos deste período, além da cultura e a gastronomia como a criação do “Festival Comida Beira do Rio”, como uma alternativa para combater a sazonalidade do turismo, e possibilitaria a participação das comunidades com a valorização da cultura do povo local;

9) Democratizar o acesso da população local e dos visitantes aos pontos turísticos do Município, envolvendo as instâncias públicas, privadas e a sociedade civil organizada, contribuindo para a elevação do bem-estar geral;

10) Difundir a importância do turismo na rede escolar, preparando os alunos de Santarém para a educação turística, que resulta na hospitalidade e na excelência de atendimento no comércio local;

11) Disponibilizar internet gratuita em espaços públicos através da implantação de rede wifi aberta, estimulando o convívio social, a democratização digital e a interação comunitária;

12) Estimular a preservação do Patrimônio histórico e arqueológico local;

13) Fidelizar o destino “Santarém” como excelência para visitação, valorizando ações que agregam valor à marca turística e investir na divulgação e promoção do destino;

14) Fomentar o ecoturismo na região do Maicá, Rocha Negra, Saubal, Resex Tapajós / Arapiuns, além das comunidades na região de várzeas como exemplo Igarapé Açú e Canal do Jari;

15) Incrementar o Turismo Rural desenvolvendo as potencialidades históricas, culturais e étnicas do interior, envolvendo os agricultores com a atividade turística e gerando emprego e renda nas localidades na região do Eixo Forte, nas comunidades do Planalto e Rios;

16) Instalar a Sinalização Turística;

17) Lutar pela construção do complexo turístico em Ponta de Pedras, compreendendo a construção do anfiteatro, quadra poliesportiva, estacionamento, banheiro além da construção do cais para possibilitar o trabalho da comunidade durante os períodos de inverno e verão;

18) Lutar pela implantação da Companhia de Policiamento Turístico em Alter do Chão;

19) Promover a integração do setor privado como agente complementar de financiamento de infraestrutura e serviços públicos necessários ao desenvolvimento turístico, estimulando novos empreendimentos e negócios para o turismo;

20) Promover a integração do turismo em âmbito regional;

21) Qualificar o atendimento ao turista buscando oferecer conhecimento, tanto com cursos presenciais como on-line, e excelência aos serviços envolvidos nos meios de hospedagem, gastronomia, comércio e transporte público, comunidades e todos os demais segmentos ligados ao turismo;

22) Revitalizar os pontos turísticos existentes por meio de infraestrutura de acessibilidade, visando humanizar e socializar a visitação da população e de turistas ao parque, praças e locais de visitação pública.

23) Construir o Centro de Convenções do Tapajós em parceria com o governo do estado;

24) Concluir o Lago dos Botos em parceria com o governo do estado;

25) Manter a manutenção, revitalização e implantação de novas áreas de lazer, cultura e entretenimento.

Postar um comentário

0 Comentários