Banner

Banner

POLÊMICA: Lula denuncia ‘indústria de robôs’ na votação de participante para vencer BBB 22


Na tarde desta terça-feira, 26, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participava de uma coletiva de imprensa para membros da mídia independente quando resolveu denunciar um suposto esquema de votos do BBB 22.

Sem citar nomes, Lula disse que um participante “mais abastado” teria montado uma “indústria de telefonemas” para votos no Big Brother Brasil. As redes sociais repercutiram a fala do ex-presidente e alegaram que se tratava de Arthur Aguiar.

“Tem um cara que tá com um esquema de computador, uma indústria de telefonemas para a rede Globo para ele ser indicado [a vencer o BBB 22]. Eu não acompanho o Big Brother, mas eu estava ouvindo essa conversa no carro. Tem um cara que é mais abastado lá, que tem mais dinheiro, e ele montou uma fábrica de computador pra mandar mensagem pra votar nele. Enquanto o cara que não tem nada, e tem que esperar que as pessoas votem nele, o cara tem uma fábrica. Que estupidez é essa? Que brincadeira é essa?”, questionou o ex-presidente Lula, sem mencionar nenhum nome.


Nas redes sociais, não houve internauta que cogitasse outro participante do BBB a não ser Arthur Aguiar. Nas últimas semanas, a possibilidade de um possível esquema de compra de votos já havia sido levantada na web, já que as votações dos últimos paredões em que o ator estava presente tiveram altas taxas de rejeição contra os outros participantes.

Postar um comentário

0 Comentários