Banner

Banner

POLÊMICA: Forças Armadas vão comprar 35 mil comprimidos de Viagra


As Forças Armadas aprovaram a compra de mais de 35 mil unidades de viagra, medicamento utilizado no tratamento contra a disfunção erétil, com dinheiro público. A informação foi obtida pelo deputado federal Elias Vaz (PSB-GO) e publicada no jornal O Globo.

Oito pregões foram feitos com unidades ligadas aos comandos da Marinha, Exército e Aeronáutica, segundo dados do Portal da Transparência e do Painel de Preços do governo federal. As compras foram homologadas em 2020 e 2021 e seguem válidas neste ano.

O remédio é identificado por seu princípio ativo, Sildenafila, nas dosagens de 25 mg e 50 mg. O maior volume é destinado à Marinha (28.320 comprimidos); o Exército recebe 5 mil; a Aeronáutica, 2 mil.

Vaz cobra explicações sobre os editais de compra ao Ministério da Defesa. Em resposta à publicação, a Marinha alega que as licitações “visam ao tratamento de pacientes com Hipertensão Arterial Pulmonar”.




Postar um comentário

0 Comentários