Banner

Banner

ATENÇÃO: Bolsonaro autoriza reajuste salarial de 5% para servidores federais a partir de julho


O governo decidiu conceder reajuste de 5% para todos os servidores públicos federais a partir de julho. O custo da ação é de aproximadamente R$ 6 bilhões em 2022 e os recursos serão obtidos por meio de um corte linear nas despesas discricionárias dos ministérios.

O governo havia separado apenas R$ 1,7 bilhão para o reajuste.

A decisão foi tomada após reunião entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e Jair Bolsonaro. O governo quer diminuir os movimentos de servidores, que deflagraram greves e manifestações.

No início do ano, o presidente havia prometido reajustar os salários de policiais federais, policiais rodoviários federais e de funcionários do sistema carcerário. Entretanto, outras categorias haviam ameaçado entrar em greve, caso também não fossem contempladas.

Na última semana, servidores do Banco Central decidiram manter a greve da categoria. Os funcionários da autoridade monetária, por exemplo, querem reajuste salarial de 26,3%, percentual referente à inflação de 2019 a 2022, além de reestruturação de carreiras.

Postar um comentário

0 Comentários