Banner

Banner

PARÁ: Sefa apreende mais de cinco toneladas de sucata de cobre na rodovia Transamazônica


Por Ana Márcia Pantoja (SEFA)

Um caminhão-baú, oriundo da cidade de Altamira seguia com destino ao município mineiro de Contagem, quando foi retido no posto fiscal do km 9 da rodovia BR-230, a Transamazônica, sob a coordenação de controle de mercadorias em trânsito de Carajás, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa). O veículo transportava cinco toneladas e meia de sucata de cobre sem nota fiscal. O valor da mercadoria é de R$60,060 mil.

"Durante a fiscalização, a nota fiscal foi apresentada, informando o trânsito de sucata de alumínio em latinhas. Mas o peso da carga parecia incompatível com a informação, então, o veículo foi levado para a pesagem, quando se verificou um peso de aproximadamente 5,5 toneladas a mais do que declarado em nota fiscal”, informou o coordenador da unidade fazendária de Carajás, Gustavo Bozola.


Após verificação do conteúdo do caminhão, foi descoberta, no meio da carga de latinhas, as cinco toneladas e meia de sucata de cobre, sem impurezas, que estava viajando sem nota fiscal. “Esta prática de esconder uma mercadoria no meio de outra tenta burlar o Fisco com o não pagamento do imposto. A sucata de cobre pura tem o valor de cinco vezes maior que a carga de latinhas”, explica Bozola.

A Sefa lavrou Termo de Apreensão e Depósito (TAD) no valor de R$ 18,378 mil, referente a ICMS e multa, valor que foi recolhido e a mercadoria, em seguida, foi liberada.



Postar um comentário

0 Comentários