Banner

Banner

SANTARÉM: Quatro unidades de saúde estão sendo construídas na área urbana do município


A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), segue avançando nos investimentos em saúde para todos no município.

Nesta segunda-feira (14), o Prefeito Nélio Aguiar e a Secretária Municipal de Saúde Vânia Portela, estiveram percorrendo os canteiros de obras de unidades de saúde em quatro bairros da cidade: Prainha, Jutaí, Esperança e Aldeia.

Legenda da foto: Prefeito Nélio Aguiar e secretaria Vânia Portela, 
acompanhados da equipe de engenharia responsável pela obra.

No Bairro Prainha, as obras se encontram em 70%. No Jutaí, a construção está em 54%, enquanto na Esperança, a construção alcançou a marca de 50%. Já no bairro da Aldeia, onde nunca houve estabilidade de atendimento em um local, a atual gestão assumiu o compromisso e deve entrar a sede própria para o bairro, as obras ultrapassam os 70% de conclusão.

“São obras que estão sendo executadas com 100% de recursos próprios da prefeitura vindas do contribuinte de Santarém para que essas unidades tenham prédio próprio e que funcionem em locais novos e adequados. Nossa equipe tem sido incansável nos trabalhos para que as unidades sejam entregues respeitando os prazos e assim, atender a população da melhor forma”, concluiu Vânia Portela.

Além de representarem economia aos cofres públicos com o fim dos alugueis as novas unidades, quando entrarem em funcionamento, vão atender a população desses bairros resultando em avanços na atenção primária de saúde em nosso município.

“Prainha e Aldeia, dois bairros mais antigos de Santarém, nenhum deles tinha sede própria para a Unidade Básica de Saúde e o nosso governo está resgatando isso. Sou morador do bairro da Aldeia e presenciei por diversas vezes a mudança da unidade em casas alugadas e finalmente vamos ter esse sonho realizado de ter uma sede fixa. No bairro Jutaí, estamos solicitando maior celeridade no andamento da obra para que até junho possamos fazer a entrega da novo prédio e na Esperança, o objetivo é concluir a nova unidade o mais breve possível uma vez que, atualmente, a unidade funciona em um local que não atende mais as nossas necessidades”, destaca Nélio Aguiar.

Postar um comentário

0 Comentários