Banner

Banner

Estado do Pará mantém redução nos índices de crimes violentos pelo 3º ano consecutivo


Por Roberta Meireles (SEGUP)

Levantamento nacional realizado pelo Monitor da Violência, do portal de notícias G1, aponta que o Pará, pelo terceiro ano consecutivo, permanece entre os estados com redução nos índices de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLI), que englobam homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Os dados consideram o período de janeiro a dezembro dos anos 2020 e 2021. O estudo, realizado com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal, foi divulgado nesta segunda-feira (21).

Entre os meses de janeiro e dezembro de 2021, foram registradas 2.327 ocorrências de crimes violentos, letais e intencionais. No mesmo período de 2020 foram computadas 2.349 ocorrências desses crimes. No período, 22 vidas foram preservadas no território paraense.

Em 2019, foram 2.934 ocorrências. Ao ser feito o comparativo dos dados de 2021 com o ano de 2018, último ano da gestão passada, quando foram registrados 4.051 casos, o Pará apresenta uma redução de 42% em relação a 2021, demonstrando que segue na contramão dos índices, que aumentaram em 10% na região Norte. O Pará é um dos estados com queda consecutiva nos índices de criminalidade.

O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. “Hoje, o portal G1 de notícias divulgou mais uma edição do Monitor da Violência, onde apresentou o Brasil com redução da criminalidade, sendo que nove estados da Federação apresentaram, consecutivamente, três anos de redução, e na região Norte apenas dois estados apresentaram essa redução, o Pará e o Acre. Quanto ao Pará, quando a gente faz uma comparação com o último ano da gestão passada, nós apresentamos uma redução de 42% da criminalidade violenta no principal indicador, que é o CVLI, o Crime Violento Letal Intencional. Essa redução aponta para o trabalho que está sendo realizado continuamente nos últimos anos”, enfatizou o secretário adjunto de Inteligência e Análise Criminal, delegado André Costa.

Trabalho integrado - Para o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, o Pará se destaca ao conseguir o que poucos estados do Brasil alcançaram: a redução na criminalidade de forma consecutiva nos anos de 2019, 2020 e 2021, concretizando o trabalho realizado de forma integrada pelos órgãos de Segurança Pública.

Desde 2019, o Estado realiza a Operação “Polícia Mais Forte”, por meio da Polícia Militar, utilizando viaturas da área administrativa no policiamento nos horários de pico da criminalidade, e ainda mobilizando policiais que estavam de folga ou que atuam na área administrativa. Eles tiveram parte dessa folga compensada pelo poder público, para que pudessem trabalhar reforçando a segurança pública.

Todo esse esforço foi complementado com investimentos históricos, que incluem aquisição de câmeras com inteligência artificial e veículos aéreos remotamente pilotáveis (drones); instalação do novo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC); ampliação da atuação do Graesp (Grupamento Aéreo de Segurança Pública); entrega de novas viaturas, coletes balísticos e equipamentos de visão noturna, além de novas lanchas, sendo uma blindada para coibir o crime em todas as regiões.

A Segurança Pública também está alcançando metas de queda dos índices de criminalidade mês a mês com a atuação da área de Inteligência, somada à integração entre os órgãos de Segurança. Investimentos são feitos ainda em capacitação dos agentes que atuam diariamente nas operações de combate à criminalidade.

As ações realizadas por meio do Projeto “Segurança por todo o Pará”, que visam descentralizar a gestão da Segurança Pública nas regiões integradas, já estão na segunda fase com a execução dos planos táticos operacionais em algumas regiões, que se estenderá a todas as 13ª Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) do interior, visando continuar combatendo a criminalidade a partir de ações específicas em todos os municípios paraenses.

O secretário Ualame Machado acrescentou, ainda, que as ações continuarão sendo intensificadas, para que o Pará alcance resultados ainda mais positivos. “O nosso Estado continua no caminho certo com as ações integradas de inteligência, com investimento forte na Segurança Pública, para que possamos, cada vez mais, prover segurança e paz para a nossa população", reiterou.

Postar um comentário

0 Comentários