Banner

Banner

SANTARÉM: Relógio de ponto dos órgãos públicos vira local de contaminação do Covid-19


Vários órgãos públicos do município de Santarém, tanto municipal, estadual e federal estão utilizando atualmente o ponto biométrico, mais conhecido como relógio de ponto eletrônico.

Vários servidores de órgãos públicos estão afastados, com síndromes gripais (Covid-19 ou H3N2).

Com a chegada da pandemia do Covid-19, esse equipamento se transformou no vilão das empresas, devido o procedimento de colocar os dedos no leitor biométrico para realizar o registro de ponto, causando uma grande contaminação entre os servidores dos órgãos

BIOMETRIA 

Ficou mais simples para as empresas e para os funcionários realizar o controle do ponto. Porém, é um dispositivo que todos os funcionários têm acesso e colocam os dedos para fazer a marcação do ponto. Tornando o relógio de ponto com uma das principais formas de contaminação dentro de uma empresa. 

É importante que as empresas tenham em mente, que as medidas de prevenção para o relógio de ponto são muito mais complexas, pois todos os colaboradores dividem o contato pelo menos 4 vezes, todo dia. Elevando muito o risco de proliferação e contaminação de todos os colaboradores da sua empresa, mesmo que todas as medidas de prevenção estejam sendo tomadas corretamente e a higienização esteja sendo feito de forma rigorosa pelos colaboradores.

Mesmo colocando recipientes de álcool em gel no local, para ocorrer a higienização das mãos após o registro do ponto, os servidores públicos não fazem uso do álcool. Elevando a contaminação e ocasionando o afastamento médico. 

Postar um comentário

0 Comentários