PARÁ: Ananindeua quer criar Auxilio Emergencial para famílias que sofrem com alagamentos


Nas últimas 24 horas, os município de Belém e Ananindeua sofreram com os alagamentos causados pela forte chuva que caiu na terça-feira (09). Muitos moradores perderam itens de suas casas, devido à água que invadiu os locais. Para amenizar os problemas, os primeiros serviços começaram a ser debatidos.

Durante este período chuvoso de inverno amazônico, a Prefeitura de Ananindeua criou um comitê de monitoramento para levantar e acompanhar famílias de baixa renda atingidas por alagamentos.

Fazem parte do comitê as Secretarias de Saneamento e Infraestrutura (Sesan) e de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (Semcat), a Secretaria de Urbanismo (Seurb), assim como a Defesa Civil Municipal.

AUXÍLIO EMERGENCIAL

Nesta quarta-feira (10), a prefeitura também informou que será enviado para à Câmara de Vereadores de Ananindeua, um Projeto de Lei para criar um Auxílio Emergencial para famílias que tiveram prejuízos materiais no valor de meio salário mínimo de R$ 550,00.

O órgão também informou que continuará elaborando projetos e obras de infraestrutura, tais como, instalação ou qualificação de redes de esgoto e drenagem para dar fim a estes alagamentos.

Com informações da DOL / Prefeitura de Ananindeua

Postar um comentário

0 Comentários