ELOGIADO: Moro é aplaudido de pé durante participação no Congresso Nacional do MBL

Aplaudido pelo público no 6º Congresso Nacional do MBL (Movimento Brasil Livre), em São Paulo, Sergio Moro alimentou a expectativa de aglutinar nomes da chamada 3ª via em prol de uma candidatura competitiva à Presidência da República. O pré-candidato pelo Podemos disse que quer somar e evitar os extremos.

“Estou apresentando meu nome. Queremos aglutinar, trazer outras pessoas. Se somos ou não o melhor, é a população brasileira que vai poder discutir isso e deliberar”, disse, num painel em que foi entrevistado pelo apresentador Danilo Gentili, neste sábado (20.nov.2021).

“É possível construir um grupo para gerar governabilidade, fundada em projeto, princípio e valores”, afirmou o ex-juiz. 

Moro declarou que não se arrepende de ter feito parte do governo de Bolsonaro por 1 ano e 4 meses. Disse que em 2018 havia expectativa em relação ao futuro mandato do presidente. “No decorrer do tempo, vi como meu projeto não tinha como prosperar, e que estava sendo sabotado. O governo [Bolsonaro] foi eleito dizendo que iria combater a corrupção, e fez o exato oposto”.

Postar um comentário

0 Comentários