SANTARÉM: Vereadora do Partido Verde (PV) coloca em 2º plano pautas do Meio Ambiente

Reprodução | Instagram 

A vereadora Adriana Almeida (PV), eleita em 2020 com 2.308 Votos, vem chamando a atenção de alguns ativistas ambientais com relação as pautas apresentadas na Câmara de Vereadores de Santarém.

Apesar de ser eleita através do Partido Verde (PV), a vereadora tem focado desde sua posse, nas pautas relacionadas a saúde, principalmente no que se refere a atendimento odontológico nas Unidades Básicas de Saúde do município. Ou seja, totalmente fora do projeto ideológico do seu partido, o PV, que tem como foco as pautas ambientais. 

"A vereadora coloca em segundo plano as questões ambientais dentro do seu projeto político", afirmam alguns ativistas ambientais, que acionaram a redação do Tapajós Notícias

Entramos em contato com alguns filiados do PV, que também relataram a insatisfação com a postura da vereadora. 

Uma verificação no site da Câmara, se constatou que a vereadora apresentou até o momento apenas duas pautas ambientais. Sendo um requerimento solicitando da Prefeitura de Santarém, que reative um equipamento (balsinha), que executava serviços de recolhimento de lixo despejado na frente da cidade, e outro requerimento com uma pauta atípica, onde a vereadora solicitou ao 3º Batalhão de Policia Militar, que ocorresse rondas policiais no entorno do Lixão do Perema, ou seja, que a Polícia Militar foca-se na segurança do Lixão. 

O PV a qual a vereadora Adriana Almeida é filiada, é um partido politico brasileiro fundado em 1986 e registrado oficialmente em 1993. Seu código eleitoral é o número 43, seu símbolo é um V e suas cores são o verde e o branco. Dentro do seu Estatuto, dois pontos chamam a atenção do quesito ambiental, onde o Partido Verde defende o desenvolvimento sustentável e uma reforma agrária ecológica. 








Postar um comentário

0 Comentários