Revista retrata Bolsonaro como Hitler e causa revolta com os apoiadores do presidente


Retratado como Adolf Hitler, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é a capa da revista IstoÉ, divulgada nesta sexta-feira (15). No lugar do conhecido bigode do ditador nazista, aparece a palavra “genocida”. Além disso, o presidente é chamado de “mercador da morte”.

Na capa da publicação, a justificativa para a comparação é a de que o presidente “patrocinou experiências desumanas inspiradas no horror nazista durante a pandemia, segundo o relatório final da CPI da Covid”.

A revista ainda faz críticas às declarações de Jair Bolsonaro de que não vai se vacinar e diz que “a história já deu seu veredito, mas falta a Justiça condená-lo”.

Nas redes sociais os apoiadores do presidente estão se mobilizando contra a publicação da revista, através de muitas críticas nos perfis da IstoÉ.  

Postar um comentário

0 Comentários