"Artistas globais" e o "fique em casa" são os responsáveis pela inflação, afirma Bolsonaro

(Foto: )

Durante seu discurso no Palácio do Planalto nesta quinta-feira, 14, o presidente Jair Bolsonaro disse que o auxílio emergencial foi importante para tranquilizar a crise causada pela pandemia do novo Coronavírus e comentou sobre o aumento da inflação e citou a política do “fica em casa”.

"A questão da inflação: sabemos que aumentou. Mas da onde veio isso daí? Lembra daqueles artistas globais? “Fica em casa, faça cursinho de francês”. Lembra? “Olha aqui, vou ser obrigado agora a tomar um vinho…” Lindo, né? Agora, uns 40 milhões de pessoas foram para a miséria. Viviam de bico na rua, foram para a lona. Demos o auxílio emergencial de R$ 600. Ajudou, evitou o caos no Brasil, invasão de supermercado, quebra-quebra. Agora, a conta está chegando", afirmou Bolsonaro. 

O auxílio emergencial começou a ser pago em abril de 2020 e teve seu valor reduzido para R$ 300 após o pagamento de seis parcelas. A continuação do auxílio ainda está sendo discutida pelo governo.

Postar um comentário

0 Comentários