PARÁ: Médica Veterinária comenta em vídeo sobre as causas da "doença da urina preta"


A Dra. Miss Lene Gomes da Rocha, médica veterinária, publicou um vídeo em seu perfil oficial no Facebook, informando algumas situações que vem ocorrendo na região a respeito da polêmica envolvendo a doença de Haff, mais conhecida como "urina preta"

No vídeo, a médica comenta as falhas e erros que estão ocorrendo quando se trata da questão das informações repassadas para a população. A médica também publicou uma nota de repúdio contra as Fake News que estão sendo divulgadas pela imprensa de Santarém, no Oeste do Pará.  


A doença é causada por uma toxina que pode ser encontrada em determinados peixes como o tambaqui, o badejo e a arabaiana ou crustáceos (lagosta, lagostim, camarão). Quando o peixe não foi guardado e acondicionado de maneira adequada, ele cria uma toxina sem cheiro e sem sabor.

VÍDEO DA MÉDICA

Sobre a doença popularmente conhecida como "Doença da urina preta". Cientificamente "Doença de Haff". A pessoa só adquire a doença após a ingestão do peixe mesmo cozido que contém uma toxina que é produzida pela carne do próprio peixe, isso durante o processo de decomposição, quando após o abate o peixe não é devidamente acondicionado no gelo ou sob refrigeração. Sobre os sintomas e mais informações você pode encontrar nas postagens desta página e das demais da Dra. Miss Agro.

Em caso de dúvidas, escreva nos comentários.
Abraços
Dra. Miss Agro.




Postar um comentário

1 Comentários

  1. Eu tenho comido peixe é caro com todo cuidado camarão que gosto muito Deus vai nos proteger

    ResponderExcluir