Preços da gasolina, diesel e gás de cozinha voltam a subir a partir de hoje (5)

Os constantes aumentos nos preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha têm causado sérios prejuízos para a população brasileira. Atualmente, o gás de cozinha tem tomado quase 10% do salário mínimo. Para tentar economizar, os usuários têm se desdobrado para não consumir muito produto no dia a dia.

Em meio a questionamentos sobre a periodicidade de sua política de preços, a Petrobras anunciou nesta segunda (5), reajustes nos preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha, que subirão 6,3%, 3,7% e 5,9%, respectivamente.

É o décimo-quinto aumento consecutivo no preço do gás de cozinha nas refinarias da Petrobras, após um período de queda no início da pandemia. Desde o início do governo Bolsonaro, o produto vendido pela estatal acumula alta de 66%.


Postar um comentário

0 Comentários