Estudo para liberar vacinados contra a Covid-19 do uso de máscaras, já está em andamento

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que Jair Bolsonaro solicitou “estudos” sobre o uso de máscaras no Brasil. Nesta semana, o presidente da República defendeu a desobrigação do equipamento de proteção para pessoas vacinadas ou que que já contraíram a doença. Bolsonaro comentou que pediu ao ministro da Saúde um “parecer” sobre o assunto. 

Em evento nesta sexta-feira, Queiroga voltou a afirmar que não é “censor” das falas de Bolsonaro. “O presidente da República solicitou que fizéssemos estudos. Ele tem acompanhado o ritmo da vacinação no Brasil e também no mundo e países que alcançaram cobertura vacinal ampla já assistimos a flexibilização do uso de máscaras. Vai ser o nosso caso e nós estamos estudando para ter posições sólidas e nos anteciparmos em relação a todas as medidas que devem ser colocadas no enfrentamento a pandemia. Eu não sou censor das falas do presidente da República.” 

A declaração de Queiroga foi feita no Hospital Municipal Guarapiranga, na Zona Sul de São Paulo, durante entrega de 65 novos leitos para tratamento da Covid-19

Postar um comentário

0 Comentários