Depois de Trump agora é a vez de Benjamin Netanyahu; Bolsonaro perde mais um aliado


Israel inicia, neste domingo (13), uma nova etapa de sua história depois que uma votação no Parlamento ratificou uma "coalizão de mudança" no poder, derrubando o premiê Benjamin Netanyahu.

Netanyahu, político israelense mais dominante de sua geração, fracassou em formar um governo após as eleições em 23 de março, a quarta em dois anos.

O partido conservador do qual Netanyahu faz parte, está fora do governo.

O milionário Naftali Bennett está preparado para substituí-lo como chefe do novo governo formado por aliados improváveis, incluindo legisladores de esquerda, de centro e árabes, que ele agrupou com o líder de oposição Yair Lapid.


Postar um comentário

0 Comentários