Capitã Cloroquina se vacina e Bolsonaristas entram em colapso de identidade na internet


Direto / O Globo

A secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como “Capitã Cloroquina” foi ironizada nas redes sociais após celebrar a vacinação. A médica, defensora do tratamento precoce, publicou em seu perfil uma foto segurando seu cartão de vacinação ao ser imunizada contra a Covid-19.

"Devidamente vacinada contra a Covid-19", escreveu Pinheiro na legenda. (postagem abaixo)

Pinheiro recebeu o imunizante da AstraZeneca em Brasília e compartilhou o registro nas redes nesta segunda-feira (14).Em seguida, vários usuários comentaram em tom de deboche.

"Parou com o tratamento precoce?", questionou um dos internautas. "Cloroquina pra gente e vacina pra vocês né", ironizou outra usuária. "O chip já tá implantado. Agora só cloroquina para bloquear o acesso chinês", escreveu um rapaz.

Enquanto boa parte dos comentários ironizava a médica, bolsonaristas também reagiram à publicação, ora questionando a segurança das vacinas, ora reforçando a crença nos medicamentos ineficazes contra a Covid-19.

"Eu não vou me vacinar, não acredito na eficácia das vacinas. O dinheiro está correndo solto entre os laboratórios. Cobaia não", postou uma apoiadora do governo. "Admiro muito a doutora mas não sei se é uma boa ideia", comentou outro usuário, embora estudos científicos comprovem a eficácia e a segurança do imunizante, preconizado pelas autoridades de saúde.

Postar um comentário

0 Comentários