URGENTE: MPF pede a paralisação do concurso da Polícia Federal, em todo o país


O Ministério Público Federal, por meio da Procuradoria da República no Ceará, entrou com uma ação civil pública contra a realização do concurso da Polícia Federal, previsto para o próximo domingo (23).

Na petição, o procurador Oscar Costa Filho aponta o avanço da pandemia de Covid-19 no país e o ainda baixo índice de população vacinada –cerca de 8,38%– como fatores determinantes para o adiamento da prova.

A ação cita, ainda, denúncias de filas e aglomerações no concurso da Polícia Rodoviária Federal, realizado em 9 de maio, e intimou o Cebraspe (organizadora tanto do concurso da PRF quanto da PF) a prestar esclarecimentos sobre as medidas de segurança sanitária adotadas.

“Ninguém quer anular o concurso, a gente quer apenas suspender a aplicação da prova por prazo determinado, com retorno condicionado à melhora no cenário da pandemia”, afirmou o procurador.

“A realização do concurso, no cenário atual, vai prejudicar a livre concorrência, porque muitos candidatos não vão fazer essa prova, ou por estarem infectados, ou por temerem o risco de infecção”, defendeu Costa Filho.





Postar um comentário

0 Comentários