Prefeito pede fechamento do maior aeroporto do Brasil, para evitar contágio da variante indiana


O prefeito de Guarulhos, na Grande São Paulo, encaminhou um pedido ao governo federal solicitando o fechamento do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, o principal do país, para conter e evitar a entrada de mais pessoas infectadas com a variante indiana do coronavírus, chamada de B.1.617.

Gustavo Henric Costa (PSB), encaminhou ofício para os ministérios da Casa Civil, da Saúde, da Justiça, da Infraestrutura e da Defesa pedindo o fechamento do aeroporto por 15 dias.

Cumbica é o maior terminal aéreo do Brasil e um dos maiores da América Latina. 

No documento, o prefeito argumenta que, "com o aparecimento da nova Cepa Indiana do Covid-19 e estando em andamento a vacinação no grupo prioritário dos Aeroportuários, solicitamos o fechamento do espaço aéreo para voos comerciais (exceto transportes de cargas), mais especificamente a suspensão de todos os pousos e decolagens de voos internacionais de passageiros no Aeroporto de Guarulhos pelos próximos 15 dias, a fim de evitar que passageiros advindos do exterior propaguem novas Cepas no desembarque".

Caso não seja aceito o pedido para o fechamento temporário do aeroporto, Costa solicitou a elaboração de um novo protocolo fortalecendo a barreira sanitária do local.

Postar um comentário

0 Comentários