PARÁ: Alenquer adquiriu grande lote de Ivermectina e Hidroxicloroquina para Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde de Alenquer, no oeste do Pará, entrou na mira do Conselho Municipal de Saúde do município depois que fechou um contrato no valor de R$ 700.280,00 para a aquisição de 6 mil comprimidos de Hidroxicloroquina 400 mg e 22 mil comprimidos de Ivermectina 2mg. Só esses dois medicamentos custaram aos cofres públicos R$ 109.200,00. 

Na lista, há vários outros remédios, porém, o que chamou a atenção do Conselho foi a descrição desses dois fármacos, justificados pela pasta para uso no tratamento contra a Covid-19. A denúncia foi feita pelo EstadoNet. 

Até hoje, nenhum estudo apontou eficácia da cloroquina no tratamento contra a Covid-19. Várias estão na mira do Supremo Tribunal Federal (STF) e Tribunal de Contas da União (TCU), por estarem mantendo essas substância em estoque e distribuindo para tratar a doença causada pelo novo coronavírus.

LEIA TAMBÉM: Comissão do SUS 'não recomenda' Cloroquina para tratamento da COVID-19

A cloroquina e seu derivado, a hidroxicloroquina, são medicamentos amplamente usados no combate de doenças como lúpus a artrite reumatoide. Mas ganharam visibilidade após o presidente Jair Bolsonaro defender seu uso desde o início da pandemia. Veja a reportagem completa clicando aqui. 



Postar um comentário

0 Comentários