SANTARÉM: "Tem que fechar, por 15 dias, o estabelecimento que desrespeita a lei”


Nesta segunda-feira (19) o vereador JK do Povão (PSDB) usou a tribuna da Câmara Municipal de Santarém para repercutir o descumprimento às medidas estabelecidas em decreto para conter o aumento de casos de Covid-19. Festas em vários pontos de Santarém foram registradas. O parlamentar lembrou que em sessões anteriores pediu a reabertura de todas as atividades econômicas que estavam suspensas durante o bandeiramento vermelho. Mas lamentou o que aconteceu no fim de semana, logo após a mudança de bandeiramento e flexibilização de medidas.


JK relatou que foram registradas em plataformas digitais festas, aglomerações e total descumprimento às medidas sanitárias. “Quero pedir que todos os donos de estabelecimentos façam valer o decreto; quem está agindo corretamente não pode ser penalizado pelos outros. Tem que fechar, por 15 dias, o estabelecimento que desrespeita a lei”, pondera JK, ao mesmo tempo que destaca que o decreto deve valer para todos, uma vez que foram realizados eventos de grande porte, como casamentos, e festas em embarcações de recreio.

A Indicação nº 075/2021 a respeito do pedido do vereador foi aprovada por unanimidade.

Músicos - Durante a sessão, o parlamentar protocolou pedido, ao Comitê de Crise, para liberação de apresentações “ao vivo”, seguindo protocolos de segurança, permitindo a volta dos serviços desenvolvidos por músicos locais. O segmento ainda não tem permissão para apresentação em bares e espaços similares. Nesse sentido, a Indicação nº 076/2021 recebeu aprovação do plenário da Câmara.

JK encerrou o pronunciamento elogiando o trabalho desenvolvido no Hospital de Campanha, referência para pacientes de baixa e média complexidade com Covid-19. O parlamentar classificou o ambiente como adequado, e com atendimento humanizado. Também pediu empenho dos vereadores para que a unidade não seja desinstalada.

Direto da Ascom/Câmara de Santarém 

Postar um comentário

0 Comentários