Cartolas do futebol querem liberação de público nos estádios do Rio de Janeiro


Uma notícia de O Globo informa, para espanto geral, que em uma reunião virtual com médicos dos clubes cariocas, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) colocou em discussão nesta sexta-feira (06), a realização de testes de público nos jogos do Estadual.

A ideia, que conta com o entusiasmado apoio do Flamengo, é liberar alguns convidados de cada clube com IgG positivo para o coronavírus, ou seja, em tese imunizados, e apenas no estádio do Maracanã. Não seria liberado o acesso para pessoas do grupo de risco. O Fla-Flu da terceira rodada daria o pontapé inicial de forma oficial para a experiência.

Além dos representantes dos clubes, a Ferj também arrastou para a reunião virtual médicos das secretarias de saúde do Estado e do município.

Até esta sexta-feira, três estaduais já haviam sido paralisados por conta de decretos estaduais: no Paraná, em Santa Catarina e no Acre.

A entidade carioca segue as diretrizes do Estado. Se o governo mandar parar, vai parar. Mas reforça o argumento de que os médicos dos clubes do Rio elaboraram o protocolo "Jogo Seguro", documento de biossegurança mais elogiado do país. Nele, apenas as questões sanitárias são tratadas. Qualquer decisão de cancelamento ou suspensão de partidas será determinada pelos órgãos públicos.



Postar um comentário

0 Comentários