PARÁ: Cortes de água e energia continuam, mesmo com o Lockdown no Baixo Amazonas


O governo do Pará anunciou nesse sábado o lockdown (quarentena rigorosa, com fechamento de comércios) nas regiões do Baixo Amazonas e Calha Norte, no oeste do estado. A decisão foi tomada após a nova variante do coronavírus que circula no Amazonas ter sido identificada em dois pacientes nestas regiões paraenses.

O lockdown passou a valer a partir da meia-noite desta segunda-feira, com a suspensão de atividades não essenciais e a restrição máxima da circulação das pessoas.

O governador Helder Barbalho (MDB) afirmou em vídeo nas redes sociais que decidiu isolar a região diante do registro da nova linhagem e do aumento da procura por leitos. 

CORTES CONTINUAM

O governo estadual até o momento não apresentou um plano de apoio a população do Baixo Amazonas que está enfrentando um Lockdown imposto pelo estado. A situação é desoladora para os moradores da região que neste momento não tem mais o Auxilio Emergencial para suportarem o desemprego provocado por várias restrições contra as empresas e os trabalhadores. Os cortes de energia e água continuam na região, mesmo com a imposição do Lockdown.

O governador do Pará, Helder Barbalho, em março de 2020 proibiu a interrupção de serviços de energia elétrica e de abastecimento de água por 3 meses no Pará.


Postar um comentário

0 Comentários