URGENTE: Prefeito de Santarém corta na própria carne e 'veta' aumento do próprio salário

O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar (DEM), enviou oficio a Câmara de Vereadores, informando o veto do projeto que estipulava o aumento de salário do prefeito, vice-prefeito e secretários. Ou seja, não haverá mais aumento de salário para essas três funções públicas.

O projeto de aumento de salários foi aprovado pelos vereadores no dia 18 de dezembro, debaixo de muito protesto da população, que se manifestou também contra o aumento de salário dos vereadores, que agora passam a receber R$ 15 mil reais. Porém, como se trata de projeto do próprio legislativo, o prefeito não tem o poder de veto sobre o aumento de salário dos vereadores. 

Será que a Câmara terá a mesma hombridade do prefeito e irá derrubar o aumento do salário dos vereadores, sendo que o gestor municipal reeleito vetou o aumento do próprio salário?

O salário do prefeito que era de R$ 20 mil reais, passou para R$ 24 mil reais com a aprovação do projeto no dia 18/12. Agora com o veto, ele se mantêm em R$ 20 mil reais. Leia abaixo o ofício. 






Postar um comentário

0 Comentários