TECNOLOGIA: O celular iPhone 12 deve custar mais de R$ 10 mil no Brasil

A Apple deve romper a barreira dos R$ 10 mil quando lançar o iPhone 12 no Brasil, especificamente nos modelos Pro e Pro Max.

No mesmo dia em que foram anunciados o iPhone 12, 12 Mini, 12 Pro e Pro Max, a Apple aumentou os preços do novo iPhone SE, 11 e XR no Brasil. O conserto desses celulares também ficou mais caro.

Por exemplo, o iPhone 11 saltou para R$ 5.699, tendo sido lançado no ano passado por R$ 4.999. Nos EUA ele teve redução de preço, assim como o iPhone XR.

Isso significa que a Apple está trabalhando com uma nova taxa de conversão entre real e dólar, reajustando a cotação para incorporar a alta da moeda americana. Ela girava em torno de R$ 4,10 no ano passado, e ultrapassou R$ 5,60 nos últimos dias.

Como você pode ver na tabela abaixo, o “dólar Apple” passou a variar entre cerca de R$ 9 e R$ 10 para iPhones, levando em conta o reajuste recente.

Por que o dólar Apple é mais caro? Em parte, é devido aos custos de importação, seja das peças para montagem local (caso do iPhone 11, XR e novo SE), seja de modelos fabricados no exterior. E, como o iPhone é tido como um celular de luxo por aqui, a empresa consegue cobrar um valor adicional, uma espécie de “lucro Brasil”. 

Por: Felipe Ventura/TecnoBlog


Postar um comentário

0 Comentários