SANTARÉM: Apenas 4 candidatos a prefeito propõe a implantação da Guarda Municipal


Dos 8 candidatos a prefeito no município de Santarém, no Oeste do Pará, apenas 4, colocaram nos respectivos planos de governo, a criação da Guarda Municipal. O projeto já foi aprovado na Câmara, porém nunca foi implantado. 

Os candidatos Ney Santana (PSDB), Coronel Tomaso (Patriota), Jesson Santos (PRTB) e João Pingarilho (PSC), tem como uma das prioridades de governo, a instalação da Guarda Municipal.

No quesito segurança pública, outros pontos também chamam a atenção no plano de governo dos 4 candidatos:

- Coronel Tomaso: 

1) Ampliar e fortalecer a rede de atendimento a mulher vítima de violência com a criação da “Patrulha Maria da Penha”;

2) Prestigiar, ampliar e fortalecer os Conselhos Municipais de Segurança.

- Ney Santana: 

1) Reativar o convênio com o Estado, através do DETRAN e POLÍCIA MILITAR, objetivando a melhoria do controle e a fiscalização do trânsito no Município através do aumento de agentes fiscalizadores (GUARDA MUNICIPAL e POLÍCIA MILITAR);

2) Fortalecer e ampliar para as grandes áreas urbanas de Santarém o projeto de VIDEOMONITORAMENTO 24h, aumentando a quantidade de câmeras de monitoramento instaladas em pontos estratégicos, para inibir as ações de criminosos e para auxiliar nas ações de investigação por parte das nossas Polícias em caso de crimes já ocorridos.

- Jesson Santos:

1) Criar o sistema "Posso denunciar?”, para receber as denúncias fundamentadas de crimes cometidos por servidores públicos municipais no uso arbitrário de suas funções como agente público;

2) Aumentar o número de câmeras de segurança em pontos estratégicos, em parceria com o governo estadual, ampliando a rede da central de vigilância da Polícia Militar do Pará.

- João Pingarilho: 

1) Elaborar e executar a política municipal de segurança pública;

2) Investir em ações de educação, esporte e lazer como forma de oportunizar a ocupação da juventude no município.

Postar um comentário

0 Comentários