Enfermeiro faz postagem criticando o fechando do Hospital de Campanha de Santarém


O Hospital de Campanha de Santarém, montado pelo Governo do Pará no Espaço Pérola do Tapajós, encerrou sua atividades neste domingo (27). Inaugurado em 22 de abril deste ano, a unidade atendeu pacientes diagnosticados com a Covid-19 vindos, especialmente, da região Oeste, Baixo Amazonas, Xingu e Tapajós.

O Hospital de Campanha contou com 36 leitos de unidade de tratamento intensivo, 84 leitos clínicos e 10 leitos clínicos para indígenas, totalizando 120 vagas. 

DECISÃO ERRADA

O enfermeiro Murilo Tolentino, postou em seu perfil no Facebook, um texto lamentando o fechamento do HCS e comentando que a decisão no momento é muito precoce . Leia abaixo a publicação.

Que triste notícia! O HCS (Hospital de Campanha se Santarém) irá fechar suas portas. Na minha humilde opinião deveríamos reduzir no momento o número de leitos e aguardar mais um pouco. Manaus já está tendo uma nova "onda" de COVID 19, e sendo realista em Santarém podemos ter essa onda também. A UPA não dará conta, pois as outras doenças continuam. Mas deixem pelo menos a estrutura que lá está montada, coloquem uma equipe de manutenção para os equipamentos não ficarem sujos e danificados. Porque desmontar tudo e depois montar tudo é mais dinheiro gasto. E aos Heróis que ali trabalharam desde a equipe multiprofissional da saúde a todos funcionários ali envolvidos meu muito OBRIGADO. Vocês merecem muito mais que aplausos! #valorizaçãojá

Que triste notícia! O HCS (Hospital de Campanha se Sanatarém) irá fechar suas portas. Na minha humilde opinião...

Publicado por Enfermeiro Murilo Tolentino II em Domingo, 27 de setembro de 2020

Postar um comentário

0 Comentários