Blogueiros sugerem que 'medalha Felipe Bettendorf' seja para profissionais da saúde



A medalha Padre João Felipe Bettendorf, evento tradicional que ocorre sempre no dia do aniversário da cidade de Santarém, no próximo dia 22, completa 359 anos. Por conta da pandemia do novo coronavírus, não deve ter programações como costumeiramente ocorrem para celebrar a data. O evento de entrega da mais alta honraria do município, no entanto poderá ser realizado de forma virtual, segundo nossa fonte.

A Associação dos Blogueiros do Oeste do Pará (Abop), aproveita o momento, caso a entrega seja mesmo realizada, para lembrar ao prefeito Nélio que nesta homenagem se faz necessário o reconhecimento a profissionais que atuam de forma vital no combate à Covid-19 em nosso município. Médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, auxiliares, agentes comunitários de saúde e vários diversos outros profissionais da saúde que literalmente arriscaram suas vidas para proteger a vida da população. 

Seria, portanto, oportuna a homenagem da Prefeitura, entregar a mais alta comenda de Santarém, para esses profissionais que estão na linha de frente contra o coronavírus. Nossa sugestão, que o prefeito escolha um médico, um enfermeiro e um agente de saúde (de comunidade), para representar os demais profissionais no recebimento desta honraria.



Lembrando que no ano passado, a medalha foi dada ao governador Helder Barbalho, a um ex-comandante da Marinha, a uma servidora municipal do setor de convênios, um juiz federal e um coronel que atua hoje no Centro Regional de Governo, além de uma religiosa.

O prefeito poderá fazer uma justa e merecida homenagem àqueles que de fato merecem receber uma honraria por relevantes serviços prestados à sociedade santarena. Fica aqui a nossa sugestão.

Postar um comentário

0 Comentários