PARÁ: Helder Barbalho admite projeto para fazer 'paralisação total' no PA





 O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), disse, em entrevista à Globo News, que já existe um projeto em fase de conclusão com medidas mais restritivas para colocar em prática nesta semana caso a adesão ao isolamento social não aumente até a próxima terça-feira.

Segundo ele, o plano prevê restrições mais drásticas, "no caminho do lockdown" (bloqueio total), e se restringe a regiões do estado com maior incidência de infecções pelo novo coronavírus. Na região metropolitana de Belém, a taxa de ocupação em UTis está em 96%.

"Não tem justificativa para que as coisas não sejam mais rápidas. Eu tenho cobrado da minha equipe. O fato é que há 10 dias, a gente tinha uma média de cinco óbitos em domicílio. E nesse momento estamos chegando a 50 óbitos em domicílio. Estamos buscando desburocratizar essa processo, dialogando com a prefeitura de Belém, dialogando com os médicos, com a equipe legista, para que seja mais rápido", disse sobre a liberação de corpos pelo Serviço de Verificação de Óbito da Sespa.

O que é lockdown 

Apesar de ser o termo em inglês que remete à quarentena, por aqui usa-se "lockdown" para se referir ao bloqueio total, uma medida mais rígida, no qual há restrição ao trânsito de pessoas.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Espero que o governador atente de fato para o tamanho do Estado, ao pensar em medidas mais restritivas, pois vivemos em um Estado com dimensões de um pais.

    ResponderExcluir