CORONAVÍRUS: Parintins adota tratamento de casa em casa, com teste rápido



A Prefeitura de Parintins adotou no dia 06/05, o tratamento domiciliar contra Covid-19. O Município possuiu nas zonas rural e urbana 114 mil habitantes, segundo o IBGE. “Um ônibus vai percorrer a cidade, de casa em casa, com médicos e enfermeiros. Será feito teste rápido e, se for o caso, iniciado novo protocolo de medicamentos, imediatamente”, revela o prefeito Bi Garcia. 

A ideia de tratamento nos lares parintinenses nasceu em reunião com técnicos de saúde do Município, como médicos e enfermeiros. “A rapidez salva vidas e nós precisamos ser rápidos”, concluiu o prefeito. 

Parintins tem 324 casos confirmados e;

23 óbitos do novo coronavírus.

Os remédios do novo protocolo foram adquiridos pela Prefeitura. Incluem hidroxicloroquina, corticoides e anticoagulantes. “Só vamos internar quem estiver realmente grave. Temos 80 leitos disponíveis para Covid-19 na cidade e só 35 estão ocupados. Como não temos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e Manaus está lotada, o melhor é evitar internação”, disse o prefeito.


Parintins adotou o “toque de recolher“, primeiro das 20h às 6h e depois das 18h às 6h. Mas foi surpreendido pelas filas na agência da Caixa Econômica e o número de infectados aumentou. Agora, para organizar o pagamento dos R$ 600,00 do Governo Federal, há distribuição de ficha. Depois, o beneficiário recebe máscara e entra numa tenda, com 300 cadeiras mantidas à distância regulamentar de dois metros. “Não dá para cancelar o benefício, no momento em que o povo parintinense está mais necessitado. Então adotamos a tenda, as máscaras e as cadeiras, para manter a separação e evitar novos contágios”, disse Bi. 

O ônibus, que começou a circular nesta quarta-feira 06/05, permanecerá em atividade até o fim da pandemia, assegura o prefeito. “Não haverá supressão do tratamento hospitalar, mas esperamos chegar na frente da doença. Está provado que a Covid-19 se torna mais agressiva com o tempo, se o tratamento não for imediato. É por isso que buscamos a maior rapidez possível”, enfatiza.



Postar um comentário

0 Comentários